Arquivo da tag: Flórianopolis

24_8

Estou escrevendo esse post para meus amigos que se encaixem nas seguintes condições: Você está em Floripa, gosta mesmo é de folia, de povo, samba, marchinha, confete, não fica de frescura e não quer programas caros? Se sim então continue, se não.. obrigado pela atenção e RALA SUA MANDADA!
Sim meus queridos tenho sugestões pra gente cair juntinhos na folia. Clica aqui, sobe o som e vamos a elas..

Mas pera, antes de tudo… Você precisa de fantasias!
Apesar de boa parte dos blocos daqui de Floripa usarem abadas ou das pessoas simplesmente se dignarem a vestir a mesma roupinha de sempre, se você ama o carnaval, então precisa de uma fantasia. Para isso não é necessário gastar rios de dinheiro. Usa coisas que você já tem, junta tudo e faz o clássico “roupa-doida-de-carnaval”, pede emprestado, mas sai de casa lindo nem que seja com um lençol enrolado no corpo. Carnaval meu amor é pra interpretar um personagem, é pra se pintar ou se pelar e o processo de preparação é uma etapa importante da diversão. Fora que né, é muito mais bonito ver varias pessoas fantasiadas no bloco. Muita cor e purpurina pra vocês!
Para ajudar na inspiração dá uma olhada aqui, aqui e AQUI.
Você pode comprar ótimas coisas a preços camaradas nas lojas do centro, Plumas e paetes (minha preferida) e a Casa do Brilho, por exemplo. Aproveita que você já vai lá e compra sacos de confetes e serpentinas (não saia de casa sem esses itens básicos de sobrevivência).

Dia 20. 02, quinta feira – Ensaio da Copa Lord no Largo da Alfandega, 21h.
A Copa Lord é a escola mais antiga de Florianópolis, são 55 anos de samba no pé, meu bem. Construída pela comunidade do Morro da Caixa ali do Centro dá show com sua bateria Guerreira. Esse ano o samba enredo é “Quem você pensa que é, sem a força da mulher?”, já clica ai e vai aprendendo o samba.
A cerveja é 4 por 10 o que é um belo incentivo, não é?

Dia 21.02, sexta feira – Berbigão do Boca no Mercado Público, 19h.
É muita gente eu sei, mas é um clássico da abertura do carnaval e estou achando que vale o sufoco hein. Sabe o samba? Se não, aprende aqui oh.

Dia 27.02, quinta feira – Pra esse dia você vai precisar de folego e muita disposição.
> Bloco SOS: Enterro da tristeza, concentração na esquina Hercílio Luz com a Mauro Ramos, às 14h.
Esse bloco super vale a pena, é super divertido com marchinhas e sambas enredos variados.
> Carnaval na Casa do SambaAqui, no Sambaqui, às 20h.
Festa cheia de amor, baratinha e quem vai tocar é o Côro de Gato. Essa aqui é pra preparar aquela fantasia especial e dançar a noite inteira.

Dia 28.02, sexta – O Arrasta Ilha passa pelo Centro com seu Maracatu poderoso na escadaria da Igreja do Rosário a partir das 20h.

Dia 01.03, sábado – Desfile das escolas de samba na Nego Quirido, às 22h.
Tem que ir, cantar forte o samba da escola que você mais gosta e aplaudir o trabalho da galera dos barracões e os artistas que ralaram o ano inteiro pra construir esse show. E pasmem o ingresso pra arquibancada é bem baratinho 5, 15 ou 20 pilas \o/, mas corre que só estarão a venda quinta e sexta (20 e 21.02) veja onde comprar.

Dia 02.03, domingo – Carnaval do Zé Pereira em Santo Antonio de Lisboa, às 20h.
Marchinhas + Santo Antonio = muito amor. Mas essa programação corre um certo risco de não ser tãaao maneira por causa do transito e da quantidade absurda de gente. Tem que chegar cedo e ficar no sapatinho.

Falta segunda e terça… e ai?

Dia 08.02, sábado – Bloco Feminista no Centro.
Fica ligado que o carnaval acaba mas no dia 8 tem bloco pelo dia internacional de luta das mulheres.

Os eventos que selecionei são baseados na experiencia empírica  de outros que não valem a pena e por isso não estão ai na lista. rs Mas pode ter alguns a mais ai que eu não conheço e valem a pena.. Tem alguma sugestão boa ai?

O Carnaval já começou bitch! 

Anúncios

Café, arroz, feijão, bolo de chocolate, macarrão, pastel, risoto… e a lista continua. Aprendendo a cozinhar, vocês acreditam? Pois é.. Acho essa coisa de misturar ingredientes, levar ao fogo e etc tão mágica… me sinto A alquimista ou A bruxa. Estou curtindo o meio caseira/meio casada, na verdade sou tão arrogante que já estou pensando em abrir um restaurante. rs
No reveillon a ideia era ir pra praia (aqui tooodo mundo passa o ano novo na praia) acabou que choveu, choveu meeesmo.. e o plano B foi ir para uma republica: o reino da Babucia. Uma casa bem legal com bateria, teclado, guitarra e tudo na sala. Tinha bastante gente querida e a festa foi animada, tão animada que eu nem sei direito o que aconteceu.
Em Vitória a  escola mais querida, berço do samba, linda que mora no meu coração é a Piedade.. aqui é Copa Lord. No dia 2 o ensaio foi no Centro na rua Major Costa, que coisa linda. Escola de comunidade de verdade, no caso da comunidade do Morro da Caixa. Energia boa e bateria “raçuda”… eu soube na hora, aqui em Floripa essa é a escola do meu coração. Quer ouvir o samba enredo? É ótimo.
A maioria das coisas por enquanto ainda tem envolvido bebida e climinha de ferias. Meus horários estão cada vez mais bagunçados, dormir as 6h acordar as 15h… Aah e o boteco barato, bem “sujeira”, pé de rato, naquele estilo que a gente adora, já achei..  Vasquinho.
Essa semana a saudade, o medo, as incertezas já balançaram o coração.. mas a gente vai levando. Enfim, vamos pra praia amanhã “Mas Midiã, você está em Florianópolis, uma ilha, quem vai pra praia vai praí…” alguém me falou isso e achei engraçado. É mas vamos mais pra praia ainda.. Ferrugem, em Garopaba (ao sul de Floripa, pertim) eu conto como é depois.


Numa tarde dessas de calor em Florianopólis, Nando e eu fomos a papelaria(?) e compramos todas as folhas de cores bonitas que haviam na loja da esquina. Sentamos no chão geladinho e de dobra em dobra apareceram fores, tsurus, corações… penduramos tudo no teto da sala. Colorir e provocar sorrisos, eles estão aqui cumprindo sua função e balançando com o vento.
O bar foi com a nova reitora e o povo que mandou vê na eleição, gente que trouxe a Reitoria da UFSC um cadim mais pra esquerda. Conheci alguns meninos do PSOL, uma casa linda e o Chiclete (um cachorro amado)… bebemos demais.
Rolou o samba na formatura do Renatinho e da “galera da Psi”. Quem comandou o batuque foi o Projeto Nosso Samba sentadinhos em mesinhas de madeira, monidos de cerveja e instrumentos fizeram a gente morrer de dançar.  O traje era descrito no convite como “Hippie Chic” e com todo mundo a vontade foi um dos melhores modelos de formatura que eu já vi… divertidíssimo.
De importante também teve a chegada do sogro e da sogra. Dois queridos… “Seu Baca” cozinha bem, sorri sempre e pita com a gente. Dona Marisa é toda fofinha, conta historias e deixa tudo bonito com luzinhas amarelas.
O natal foi bem legal… ninguém rezou, mas as  conversas foram ótimas, a comida delícia, cervejas, espumante… teve praia, risadas e presentes.
Ganhei coisas muito simbólicas que só nós dois entendemos o porque..  chocolates, cartinha, panda, pedido de casamento… rs. E principalmente: muito carinho, sorrisos e beijinhos.
Climinha de férias e de saudade que a gente mata de um lado e já cresce do outro.. beijinhos aos meus amigos-amores.