Arquivo da tag: filmes

Já assistiu, Tropa de Elite 2?

Se não, recomendo. Me surprendeu bastante, pois o filme coloca algumas questões do estado do Rio e da sociedade brasileira bem importantes que eu não esperava ver no cinema de forma tão crítica.

Linkando —> Nós assistimos há algum tempo e rolou até panfleto… 

Se vc é do ES sabe do que eu to falando. Mas só saber não adianta, esse é nosso convite a construir uma mudança.

Linkando —> Deu borburinho e saiu nota no Século Diário:

Qualquer semelhança…  Militantes do Psol no Estado têm distribuído material impresso nas entradas das sessões de exibição do filme Tropa de Elite 2, alertando para situação semelhante, por aqui, à relatada no filme, “onde representantes do Estado se mostram mais violentos do que aqueles que a ‘sociedade’ imagina ser o mais violento”. O mesmo impresso relembra a denúncia do presidente do Conselho dos Direitos Humanos do Estado e membro do partido, Bruno Alves de Souza à ONU, sobre as masmorras capixabas.”

E é como diria Mc Leonardo e mc Juninho:

“Está tudo errado
É até difícil explicar
Mas do jeito que a coisa está indo
Já passou da hora do bicho pegar…” (clica e ouve)

 


E essa vontade absurda que não larga de mim… vontade de ver o sorriso capiau. O que aconteceu comigo derrepente!? =/


Ao lado delas,
a gente percebe que a sensualidade
é um perfume que vem de dentro
e que a atração que realmente nos move
não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.”

Drummond

ps. imagem do filme Bicicletas de Benville, que amo.


“We sure are cute for two ugly people
I don’t see what anyone can see, in anyone else
But you”

Hoje um post praticamente lésbico. Boa (quase) madugada!

Linda, talentosa, linda, autentica, linda, linda… Julia Roberts poderia ser facilmente a mulher da minha vida.  uhauhahuuha E como eu estou todos os dias a procurar e sou uma entusiasta da beleza, ao ver Julia me sinto em paz e encontrada. Serio.. amo.

Clique nas fotos e ouça a música do filme correspondente.

Nessa cena ela diz: “gosto desse vestido porque parece um sino” e fica balançando com um sorriso mui fofo.. lembram?!

Sorriso mais lindo do mundo!


Mil atividades, mil problemas…  quem quer mudar o mundo frequentemente percebe que o mundo é grande demais. Nessas horas para não desmoronar, para não abandonar eu decido relaxar. Essa semana fui fazer uma pausa da loucura e enquanto todos estavam tomando chuva.. eu estava sentadinha no cinema. É mermão, mais é ai que o bicho pega. Fui assisti Preciosa.

Um filme que faz todo o tempo um paralelo entre a educação e a violência domestica. Conta a historia de vida de uma menina de 16 anos,Clareece “Precious” Jones (Gabourey Sidibe). E tem uma vida marcada por abuso, estupro, incesto, racismo, pobreza, gravidez na adolescência..  uma história de quem não se encaixa nos padrões de beleza, de quem não consegue ler, de alguém que não é percebida, nem amada. Alem de abordar também homossexualidade, imigração ilegal, AIDS e etc…

A protagonista negra e gorda já tem um peso enorme na tela do cinema. Mas o uso alguns elementos como cores fortes,  imagens de “comidas” que mais parecem lavagem, suor e planos fechados que quase lembram um documentário e uma câmera ágil  passa a sensação de que tudo é muito sujo e fedido. É a história traduzida em imagem. Entretanto esses mesmos elementos que nos deixam desconfortáveis, são utilizados com tanta maestria pelo diretor que faz o filme extremamente atrativo e sedutor. Alias o filme é tão bacana que mesmo com baixo orçamento ganhou vários prêmios, Oscar e etc..

Baseado no Romance ‘Push’ de Sapphire, dirigido por Lee Daniels que em minha opinião fez um excelente trabalho, o filme é muito bem acabado: trilha sonora, escolha dos atores, tempo de duração, planos de câmera, luz… cara tudo tem seu lugar e propósito. A sensibilidade abre alas nessa obra, com participação de Oprah Winfrey(está maravilhosa), Lenny Kravitz e Mariah Carey.

Com um roteiro  magnífico, a historia amarga emociona chorei igual um bebe . Recomendadissimo! Mas agora já saiu de cartaz, então corre pra baixar..

Sai do cinema meio tonta, mas com mais vontade de mudar o mundo. Preciosa foi pra mim como se eu tivesse tomado um puta soco no estomago. Siniiistro!


Manda chamar os chefes das cinco famílias,

porque o bixo vai pegar!