Arquivo da tag: belo

“Sobre o tempo, sobre a taipa

a chuva escorre. As paredes

que viram morrer os homens,

que viram fugir o ouro,

que viram finar-se o reino,

que viram, reviram, viram

 já não vêem

Também morrem.”

Morte das casas de Ouro Preto – Drummond

“Realmente não pode haver maior sensação de abandono do que a chuva dentro do prédio. Chover do lado de dentro também tem a ver com a conjugação de elementos contraditórios, estranhos, outra marca do meu trabalho” Nuno.

Em breve.. textos sobre Nuno Ramos ou mais…