Numa tarde dessas de calor em Florianopólis, Nando e eu fomos a papelaria(?) e compramos todas as folhas de cores bonitas que haviam na loja da esquina. Sentamos no chão geladinho e de dobra em dobra apareceram fores, tsurus, corações… penduramos tudo no teto da sala. Colorir e provocar sorrisos, eles estão aqui cumprindo sua função e balançando com o vento.
O bar foi com a nova reitora e o povo que mandou vê na eleição, gente que trouxe a Reitoria da UFSC um cadim mais pra esquerda. Conheci alguns meninos do PSOL, uma casa linda e o Chiclete (um cachorro amado)… bebemos demais.
Rolou o samba na formatura do Renatinho e da “galera da Psi”. Quem comandou o batuque foi o Projeto Nosso Samba sentadinhos em mesinhas de madeira, monidos de cerveja e instrumentos fizeram a gente morrer de dançar.  O traje era descrito no convite como “Hippie Chic” e com todo mundo a vontade foi um dos melhores modelos de formatura que eu já vi… divertidíssimo.
De importante também teve a chegada do sogro e da sogra. Dois queridos… “Seu Baca” cozinha bem, sorri sempre e pita com a gente. Dona Marisa é toda fofinha, conta historias e deixa tudo bonito com luzinhas amarelas.
O natal foi bem legal… ninguém rezou, mas as  conversas foram ótimas, a comida delícia, cervejas, espumante… teve praia, risadas e presentes.
Ganhei coisas muito simbólicas que só nós dois entendemos o porque..  chocolates, cartinha, panda, pedido de casamento… rs. E principalmente: muito carinho, sorrisos e beijinhos.
Climinha de férias e de saudade que a gente mata de um lado e já cresce do outro.. beijinhos aos meus amigos-amores.

Anúncios